Traumatologia e Ortopedia
Discussão de casos, questões e dúvidas em tratamentos, com dicas de prova para o TEOT.

 

 
Search

 Fraturas do colo do fêmur 
Fraturas do colo do fêmur
. ...

Classificação de Garden: I) Incompleta ou Impactada em Valgo
II) Completa sem desvio
III) Completa com desvio em Varo
IV) Completa com grande desvio (trabéculas da cabeça se alinham com as do . acetábulo)
Garden considera que esses tipos representam estágios diferentes do mesmo movimento de desvio
Índice de Singh de Osteoporose: GrauVI é normal – Grau I é osteoporose grave.
A Artéria Epifisária Lateral, ramo terminal da art circunflexa femoral medial supre maior parte da cabeça Fratura do colo afeta circulação de forma devastadora. Desvio se relaciona com gravidade da lesão ao suprimento sg.
Incidência maior em idosos (mulheres acima de 60 anos)devido trauma de baixa energia-queda própria altura. Em pacientes jovens é resultado de trauma de alta energia (menos de 10% das fraturas do colo).
Exame Clínico mostra membro afetado com encurtamento, rotação externa, relutância em movimentar. Dor na virilha, coxa ou mesmo na face medial do joelho. RX da pelve é obtido. RX em Perfil é realizada com membro afetado em cima da maca e flexionando membro contralateral p cima e p fora do feixe do RX (analisar presença de cominuição posterior q afeta prognóstico da fixação). TC só se houver clínica e RX for negativo. Cintilografia apenas se quiser dados preditivos a respeito do risco de falta de união e NA
Tratamento inicial: imobilizar para aliviar dor; moderada flexão e rot. ext. (travesseiro sob joelho) aumentam volume da cápsula e diminui pressão o q aumenta perfusão na cabeça + leve tração Buck(2Kg)
Tratamento definitivo: escolha entre Fixação interna e artroplastia já que tratamento visa restaurar função do quadril, mobilizar precoce p reduzir complicações clínicas. Idade, qualidade óssea, estado fisiológico,
nível de atividade e expectativa de vida são considerados. Redução e fixação qdo bem sucedidos fornecem resultados melhores e mais duradouros. Prótese evita problemas da falta de união e NA,mas pode ter maior morbidade. A IDADE CRONOLÓGICA AVANÇADA É UMA INDICAÇÃO QUESTIONÁVEL PARA HEMIARTROPLASTIA.
Pacientes Jovens com osso normal: redução aberta ou fechada e fixação interna com pinos ou parafusos
Pacientes idoso com alta demanda funcional e boa densidade óssea: o mesmo acima
Idoso, má densidade óssea, baixa demanda, longevidade normal:Hemiartroplastia bipolar cimentada/ATQ
Idoso de baixa demanda, má densidade óssea: Hemiartroplastia unipolar.
Porosis, Paralisy, Paget, Parkinson, Patologic: contra indicam osteossíntese!!!

RX pós Fixação Interna. Discutir tratamento/ Complicações:
Risco de NA com colapso segmentar, a redução e fixação de fraturas do colo constituem urgência. Há aumento da NA, da morbidade e mortalidade se houver retardo no tratamento maior q 48 horas. Fixação in situ é indicada em fraturas sem desvio, fraturas de fadiga e fraturas impactadas do colo femoral. Redução é realizada fazendo tração, 15° de abdução, flexão-extensão neutras e rotação medial de 20°. Intensificador de Imagem confirma redução. Fixação percutânea se não houver necessidade de capsulotomia (descomprimir). Verificar grau de anteversão do colo e fixar com 3 parafusos canulados formando triângulo isósceles (paralelos). Não há vantagem mecânica em colocar mais q 3 parafusos. Deambulação com sustentação limitada de peso pode ser permitida se paciente for colaborador. Se não for manter restringir atividades no leito e cadeira, deambulação sob supervisão. Sabe-se que as forças aplicadas no quadril no leito são essencialmente as mesmas q com deambulação protegida. Sustentação completa de peso deve ser incentivada após 6-8 semanas (Campbell e Júpiter).
Principal Complicação é Necrose Avascular: dor na virilha; relacionada ao desvio da fratura. 15% nas Garden I e II e 30% nas III e IV. Índice de Garden: 160 no perfil e 180° no AP. Abaixo ou acima aumenta risco de NA.
Outras: Falta de União, Infecção, Ulceras de pressão.

Para baixar os arquivos de aulas e vídeos e ver as imagens explicativas, acesse os adicionais, clicando aqui.
Author: silva
Date: 24/2/2020, 10:18
Tipo do Texto: Trauma
Category: Quadril
Veja os adicionais: 2 - Escreva um comentário
Views: 7480

Jump to:   


 

A página foi atualizada para www.TraumatologiaeOrtopedia.com.br => plataforma mais moderna, com mais interação. Todos os artigos e arquivos foram renovados. Os usuários agora podem:
- Atualizar os artigos;
- Promover seus consultórios;
- Criar grupos privados para sua residência ou liga de medicina;
- Treinar com questões e avaliar sua performance;
- E muito mais, confira, participe e contribua.
Espero que continuem curtindo, do autor: Ortopedista Especialista em Joelho Dr. Márcio Silveira

 

Mapa do Site    FAQ    Crie um site como este

Copyright © 2012 - 2020 TraumatologiaeOrtopedia.com | Desenvolvido em phpBB

Search: