Traumatologia e Ortopedia
Discussão de casos, questões e dúvidas em tratamentos, com dicas de prova para o TEOT.

 

 
Search

 Rizartrose 
Rizartrose
Artrose trapézio-metacarpiana ...

I – ANATOMIA :
A art TM é mantida por uma cápsula resistente reforçada pelos ligamentos : anterior oblíquo carpometacarpiano e o intermetacarpiano profundo
I – GENERALIDADES :
Os movimentos do polegar ocorrem através de três articulações : interfalangeana( IF), metacarpofalangeana( MTF) e especialmente a trapéziometacarpiana( TM ) que apresenta dois tipos de articulações :
- em sela de montar(antero-posterior):realiza movimentos simples( flexo-extensão ; adução-abdução)
- ovóide(latero-medial):realiza os movimentos complexos ou rotatórios(oposição e reposição). Para conferir estabilidade neste movimento a cápsula e os ligamentos se contraem realizando assim a pinça de força.
Rizartrose corresponde á osteoartrite da art TM, sendo causada mais comumente pela frouxidão ligamentar e pelos estresses longitudinais( durante o movimento de oposição e pinça) levando ao atrito excessivo que culmina c/ a degeneração articular.Alem da teoria mecânica postula-se que fatores hormonais estão envolvidos o que justifica a maior prevalência destas patologias em mulheres na menopausa.

II – QUADRO CLÍNICO :
- Dor : localiza-se na base do polegar sendo exacerbada pelos movimentos ou palpação
- Creptação : em casos avançados de degeneração articular
- Rx : os achados radiográficos nem sempre são compatíveis c/ a sintomatologia

III – CLASSIFICAÇÃO : ( Eaton – 1973)
É uma classificação radiográfica( perfil absoluto) baseada em alterações degenerativas na articulação trapeziometacarpiana c/ objetivo terapêutico :
- Estagio I : s/ alterações radiográficas, podendo haver dor(movimento de pinça) + edema
- Estagio II : diminuição do espaço articular, esclerose mínima do osso subcondral , ocasionalmente presença de osteófitos(< 02 mm) e creptação
- Estágio III : grande diminuição do espaço articular, alterações císticas do osso subcondral, subluxação dorsal, osteófitos (> 02 mm) , creptação freqüente .
- Estágio IV(artrite pantrapezoidal) : completa destruição da art TM c/ acometimento da art ESCAFÓIDE-TRAPÉZIODAL(diminuição do espaço articular, cistos sucondrais, esclerose)

IV – TRATAMENTO :
O tratamento depende do quadro clínico pois a dor é mais importante que qualquer alteração radiográfica.
- Conservador(estágio I e II de Eaton): imobilização do polegar em oponência por 02 semanas + AINES
- Cirúrgico : indicado em casos refratários ao tratamento conservador c/ um quadro clínico e radiográfico importante(estágio III e IV de Eaton). A melhor técnica cirúrgica dependerá do grau de destruição articular, da idade e atividade do pcte . Tipos :
1) trapeziectomia : é a ressecção total do trapézio indicado em pcte idosos pois apesar de eliminar a dor causa encurtamento do polegar c/ diminuição da força de preensão e instabilidade da base do 1o mtc
2) trapeziectomia com estabilização ativa : ressecção do trapézio associado á uma sutura do abdutor longo do polegar no flexor radial do carpo(após passar por um túnel ósseo feito na base do 1o mtc).O pcte é mantido em uma tala de punho por 04 semanas. Com esta técnica o flexor radial do carpo(ao fletir o punho) traz a base do 1o mtc de encontro ao escafóide melhorando a estabilidade e a força de preensão .
3) artrodese trapézio-metacarpiana : feita c/ fios de kirschner, ela reestabelece a força e estabilidade articular porém limita a circundação. Indicado em adultos jovens e trabalhadores braçais .
4) prótese de substituição : após ressecar o trapézio coloca-se uma prótese(silicone) cuja a haste é introduzida no canal medular do 1o mtc e seu corpo é mantido em contato c/ o escafóide. Ocorre luxação em 20 % dos casos.
5) prótese total : substitui a articulação s/ ressecar o preservando tanto comprimento como a amplitude de movimentos é composta de uma cúpula de polietileno cimentada no trapézio e uma haste dentro do canal medular


Para baixar os arquivos de aulas e vídeos e ver as imagens explicativas, acesse os adicionais, clicando aqui.
Author: Dublê
Date: 24/2/2020, 09:42
Tipo do Texto: Adulto
Category: Mão e microcirurgia
Veja os adicionais: 2 - Escreva um comentário
Views: 5112

Jump to:   


 

A página foi atualizada para www.TraumatologiaeOrtopedia.com.br => plataforma mais moderna, com mais interação. Todos os artigos e arquivos foram renovados. Os usuários agora podem:
- Atualizar os artigos;
- Promover seus consultórios;
- Criar grupos privados para sua residência ou liga de medicina;
- Treinar com questões e avaliar sua performance;
- E muito mais, confira, participe e contribua.
Espero que continuem curtindo, do autor: Ortopedista Especialista em Joelho Dr. Márcio Silveira

 

Mapa do Site    FAQ    Crie um site como este

Copyright © 2012 - 2020 TraumatologiaeOrtopedia.com | Desenvolvido em phpBB

Search: