Traumatologia e Ortopedia
Discussão de casos, questões e dúvidas em tratamentos, com dicas de prova para o TEOT.

 

 
Search

 Fratura do úmero distal 
Fratura do úmero distal
no adulto ...

Definição
FX em que o epicentro se encontra no quadrado de Heim ( cujos lados correspondem à dist. entre os epicôndilos)

Epidemiologia

São fx incomuns no adulto, perfazendo 0,5% de todas as fx. A maioria é do tipo C ( proporção C1:C2:C3=6:3:1), tipos A 10% e B 5%. (1/3 da fx do úmero, 2 % total)

Etiologia/Mecanismo de trauma

Carga axial que atravessa o cotovelo com articulação flexionada à + de 90graus. Quando essa carga é aplicada com o cotovelo em 90graus ocorre fratura do olécrano.
Trauma de baixa energia, em mulheres de meia idade com trauma direto no cotovelo ou queda com mão espalmada. Acidentes de veículos e esportes são as causas mais comuns em jovens.

Quadro Clinico

Dor, inchaço extrem. Dist. braço e cotovelo.
Instabilidade e deformidade.

Exame Físico

Avaliação de deformidade, creptação, alterações cutâneas e exposição.
Avaliação neuro-vascular ( lesão de artéria braquial, nervos mediano e radial)
Afastar SD Compartimental

Imagem

Radiografias de boa qualidade em AP e Perfil do cotovelo sem tala, se necessário mantendo ligeira tração longitudinal
Para avaliar estabilidade: rx com stress.
Se suspeita de lesão vascular: arteriografia biplanar

CLASSIFICACAO

AO
A extra articulares:
A1 avulsoes
A2 metafisaria simples
A3 metafisaria cominuta

:
B intra articular parcial
B1 condilo lateral
B2 condilo medial
B3 Hoffa (plano coronal)

C intra articular total:
C1 metafise e articulacao simples
C2 metafise cominuta
C3 articulacao cominuta


FX Intercondilares :

RISEBOROUGH E RADIN

I :sem desvio
II: com desvio sem rotacao
III: com desvio rotacional
IV: com cominuicão

TRATAMENTO

As fx deslocadas deverão ser tratadas com RAFI estável. Contra-indicações: pac. muito frágeis ou debilitados, lesão graves de partes moles ( fx expostas, desenluvamentos), osteoporose extrema.

Tto conservador: Tração com pino no olecrano 3 sem, seguida de gesso articulado ou funcional para inicio precoce de movimentação controlada na medida da tolerância do paciente. Outros métodos: para pac osteoporóticos ou idosos : colarinho e punho ou “ saco de ossos “: prender o punho ao pescoço com faixa ,com o cotovelo livre em flexão máxima( força da gravidade atua + ligamentotaxia), estimula-se mov. da mão e dedos imediatas , exercícios pendulares ao redor do décimo dia, movimentação progressiva à partir da 3 sem, consolidação em 6 sem.


Tto cirúrgico: Lesão de partes moles , pac sem condições clínicas: Fixador Externo ( pinos de 2,5mm na ulna e 3,5 a 4,5 no úmero)
RAFI: O mais importante e reducao anatomica e mobilizacao precoce. A abordagem será imposta pelo padrão de fratura, sendo a via posterior a mais usada, expondo-se a articulação por meio de osteotomia do olecrano.
Abordagem para FX C-3 : incisão posterior, o olecrano deverá ser pré perfurado e macheado para realização de banda de tensão no tempo final da cirurgia, realiza-se osteotomia em V no olecrano, rebate-se o tríceps e expõe-se a articulação. De um modo geral, o objetivo é converter uma C3, numa C2ouC1, refazendo a superfície articular multifragmentada pela redução e fixação segura dos pequenos fragmentos, obtendo dois frag. Articulares maiores que serão reduzidos e fixados um ao outro. Utilizam-se placas ortogonais pré moldadas ( placas de reconstrução 3,5mm ou DCP 3,5mm) uma póstero lateral e outra medial) . pode ser necessária a transposição do nervo ulnar.Para redução do componente articular nos tipos C1 e C2 usa-se parafusos de compressão ( se possivel pela placa), já na C3 não ( parafuso de rosca total) e se necessário pode usar enxerto ósseo corticoesponjoso ou esponjoso.


Para baixar os arquivos de aulas e vídeos e ver as imagens explicativas, acesse os adicionais, clicando aqui.
Author: marcio
Date: 24/2/2020, 10:14
Tipo do Texto: Trauma
Category: Ombro e cotovelo
Veja os adicionais: 2 - Escreva um comentário
Views: 7553

Jump to:   


 

A página foi atualizada para www.TraumatologiaeOrtopedia.com.br => plataforma mais moderna, com mais interação. Todos os artigos e arquivos foram renovados. Os usuários agora podem:
- Atualizar os artigos;
- Promover seus consultórios;
- Criar grupos privados para sua residência ou liga de medicina;
- Treinar com questões e avaliar sua performance;
- E muito mais, confira, participe e contribua.
Espero que continuem curtindo, do autor: Ortopedista Especialista em Joelho Dr. Márcio Silveira

 

Mapa do Site    FAQ    Crie um site como este

Copyright © 2012 - 2020 TraumatologiaeOrtopedia.com | Desenvolvido em phpBB

Search: