Traumatologia e Ortopedia
Discussão de casos, questões e dúvidas em tratamentos, com dicas de prova para o TEOT.

 

 
Search

 Luxação acrômio-clavicular 
Luxação acrômio-clavicular
tb osteólise distal da clavícula ...

I – GENERALIDADES:
=> Correspodem á 3% de todas as lesões da cintura escapular e 10% das luxações do ombro. Mais comum em homens(90%) na 2º década de vida
=> Dentre as luxações claviculares 90% ocorrem na articulação acromioclavicular sendo o restante na articulação esternoclavicular
=> Mecanismo de lesão: impacto direto ou queda sobre o ombro com o braço em adução(causa mais comum)
=>Quadro clínico: dor, edema, equimose local , limitação álgica do ombro, sinal da tecla(redução da clavícula por pressão digital de cima p/ baixo semelhante ao tocar uma tecla de piano, presente na maioria das LAC III e V). Observe que nas LAC completa é o ombro que desce e não a clavícula que sobe. Isto ocorre porque são os ligamentos 4,5,6 que mantem a escápula suspensa de encontro com a clavícula(enquanto esta é mantida na posição pelo trapézio e pelos fortes ligamentos esternoclaviculares)
=>Radiologia: AP verdadeiro, axilar(avalia desvio posterior da clavícula), Zanca(elimina a superposição da art acrômioclavicular com a espinha da escápula) com 03 á 05 kg de peso amarrado ao punho do paciente(avalia a integridade dos lig 4 e 5 mediante o aumento da distância coracoclavicular). As incidências devem ser bilaterais para comparação. Nas LAC tipo III pode haver fratura de 3 ao invés de ruptura dos lig c-c(separação acrômio clavicular completa porém com espaço coracoclavicular normal). A melhor incidência para visualizar a fratura do processo coracóide é a incidência de Stryker


II – CLASSIFICAÇÃO: (Rockwood -1984)
Posted image may have been reduced in size. Click image to view fullscreen.

III – TRATAMENTO:
=> Conservador: tipo I e II, mediante tipóia simples por 07 á 10 dias de repouso + crioterapia, seguido de mobilidade articular .
=> Cirúrgico: indicado nos tipos IV, V, VI, sendo controverso o tipo III dependendo de alguns fatores segundo Copeland :

=> Existem inúmeras técnicas cirúrgicas para o tratamento da LAC, sendo a mais indicada a amarria ao processo coracóide. A simples excisão da clavícula distal só está indicada em lesões crônicas da articulação acromio clavicular. Se for uma lesão crônica completa pode estar indicado a reconstrução de um novo ligamento coracoclavicular.


=> Complicações do tratamento conservador: dor crônica na cintura escapular devido á disfunção do trapézio, síndrome do impacto(anteriorização da escápula), alterações da clavícula distal.
=> Complicações do tratamento cirúrgico: instabilidade ou subluxação, ossificação subclavicular, dor residual, limitação funcional, distrofia simpático reflexa, osteólise do 1/3 distal da clavícula, migração ou infecção de fios metálicos, etc.



Mais informações nos comentários.

Para baixar os arquivos de aulas e vídeos e ver as imagens explicativas, acesse os adicionais, clicando aqui.
Author: Dublê
Date: 24/2/2020, 10:14
Tipo do Texto: Trauma
Category: Ombro e cotovelo
Veja os adicionais: 2 - Escreva um comentário
Views: 10355

Jump to:   


 

A página foi atualizada para www.TraumatologiaeOrtopedia.com.br => plataforma mais moderna, com mais interação. Todos os artigos e arquivos foram renovados. Os usuários agora podem:
- Atualizar os artigos;
- Promover seus consultórios;
- Criar grupos privados para sua residência ou liga de medicina;
- Treinar com questões e avaliar sua performance;
- E muito mais, confira, participe e contribua.
Espero que continuem curtindo, do autor: Ortopedista Especialista em Joelho Dr. Márcio Silveira

 

Mapa do Site    FAQ    Crie um site como este

Copyright © 2012 - 2020 TraumatologiaeOrtopedia.com | Desenvolvido em phpBB

Search: