Traumatologia e Ortopedia
Discussão de casos, questões e dúvidas em tratamentos, com dicas de prova para o TEOT.

 
[KB] Rizartrose


Users browsing this topic: 0 Registered, 0 Hidden and 0 Guests
Registered Users: None


View previous topic Tell A FriendPrintable versionDownload TopicPrivate MessagesRefresh page View next topic
Message
Author
marcio
Administrador
Administrador

marcio is offline

[KB] Rizartrose
Reply to topic Reply with quote
Go to the bottom
PostPosted: 14/4/2014, 21:48 Rate Post

Category: Mão e microcirurgia (9)
Article Type: Adulto

Article Name: Rizartrose
Author: Dublê
Description: Artrose trapézio-metacarpiana

Read Full Article
Back to top Personal Gallery of marcio
Author
Dublê


Dublê is offline

Re: [KB] Rizartrose
Reply to topic Reply with quote
Go to the bottom
PostPosted: 14/4/2014, 21:48 Rate Post

 !  Para baixar todos os arquivos e apresentações e visualizar todas as imagens, registre-se e entre, é rápido e grátis.


< Deixe uma observação pertinente clicando no botão resposta ou clique no botão agradecer caso o tópico tenha sido útil. >




Resumo para prova oral

Artrose da base do polegar
Mulheres dos 55 aos 65 anos, tendência a ser bilateral
Não há correlação clinica radiológica
Etiologia=Primária(fator hormonal), Secundária(fraturas, alterações mecânicas, displasias)
Clinica = Dor local, piora gradativa, piora com o uso das mãos, dor após uso, sintomas noturnos de STC, dor ao abrir rosca, dor ao abrir portas, dor ao escrever
Exame físico=Dor a compressão longitudinal e torção, aumento de volume, presença de adução do 1º MTC
Fisiopatologia= Frouxidão ligamentar,Movimentos repetitivos, Sinovite da TR-MC, Osteoartrite
Evolução da AO= Degeneração volar, formação de osteofitos, degeneração total, subluxacao dorso radial, adução do 1º MTC, hiperextensao da MTC-F do polegar, degeneração da escafo trapezóide, panartrite
Fatores predisponentes= Sexo feminino, Raça caucasiana, Processo de envelhecimento
Radiografias= AP, perfil e obliquas, e radiografias com esforço
Classificação de Eaton
I = ausência de destruição articular, espaço articular alargado se derrame estiver presente, subluxacao menor do que 1/3
II= ligeira diminuição do espaço articular, osteofitos marginais menores que 2mm
III= destruição articular importante com cistos e esclerose, osteofitos maiores que 2mm, subluxacao maior do que 1/3
IV= comprometimento de múltiplas superfícies articulares(escafo trapezóide)
Tratamento
Inicialmente conservador com repouso, imobilização, alargamento da empunhadura de objetos
I = prevenção , com reforço ligamentar e adequação do trabalho
II= bloqueio do processo degenerativo, se a articulação for ruim, o tratamento é semelhante ao tipo III
III= artroplastia biológica ou protética, artrodeses nos trabalhadores braçais, trapezoidectomia total ou parcial
IV= trapezoidectomia total com suspensão
Resultados=90% de bons resultados quanto a dor, Forca retorna gradativa em 3 anos
Complicação =Dor, Migração proximal do 1º MTC, Infecção, Hiperextensao da MTC-F
Last edited by marcio on 31/8/2015, 21:07; edited 1 time in total
Last edited by Dublê on 14/4/2014, 21:51; edited 1 time in total
Back to top
Author
rogerio


rogerio is offline

Re: [KB] Rizartrose
Reply to topic Reply with quote
Go to the bottom
PostPosted: 31/8/2015, 21:08 Rate Post

Osteoartrose da mão

- Osteoartrose da IFD:
- Local do nódulo de Heberden
- Artrodese da IFD: flexão entre 10-25º
- evitar se houver lesão da IFP não passível de artroplastia
- Artroplastia: exceção
- Se necessidade grande de movimento para o indicador

- Osteoartrose da IFP: local do nódulo de Bouchard
- Diferenciais: diversas artrites (principal AR)
- Artrodese da IFP: posição discutível
- 40º de flexão
- Outras opções: ângulos crescentes de flexão do dedo indicador ao mínimo: 20º-45º

- Posição para artrodese do polegar:
- 20º abdução radial - 40º abdução palmar

- Artrite erosiva
- destruição da cartilagem articular, erosão justa-articular e formação de osteófito
- ocorre em mulheres de meia idade
- diferencia-se da AR pode não ser doença sistêmica e não afetar grandes articulações
- geralmente inicia-se na IFD e tardiamente acomete as IFP
- poupa articulações rádio-cárpicas e radioulnares

- Articulação MTC-F
- na OA primaria da mão: não é acometida com freqüência
- dar preferência para as artroplastias

Articulação trapézio-metacarpiana - Rizartrose

- Mais comum em mulheres (1 em cada 4 mulheres) - 50-70 anos
- Dano da faceta rádio dorsal do trapézio pode levar a subluxação da base do 1º MTC, provocando instabilidade do polegar

- Anatomia:
- Estabilizador ligamentar primário: não há consenso
- Restritor para subluxação dorsal: oblíquo anterior ou ligamento dorso radial

- Diagnóstico diferencial: De Quervain, síndrome do túnel do carpo

- Classificação de Eaton: classificação radiográfica com incidência de perfil absoluto
- Estagio I: sem alterações radiográficas ou alargamento da trapézio-metacárpica
- Sinovite dolorosa com hipermobilidade e edema da trapézio-metacárpica
- Dor piora com a pinça do polegar
- Estagio II: osteófito < 2 mm
- ↓ pequena do espaço articular com alterações escleróticas no osso subcondral
- Articulação trapézio escafóide normal
- Estagio III: osteófito > 2 mm
- 40%: ↓ grande do espaço articular - articulação trapézio escafóide normal
- alterações císticas do osso subcondral, esclerose óssea e graus variados de subluxação dorsal
- Estagio IV: alterações da articulação trapézio escafóide
- destruição completa da articulação trapézio metacarpiana

- Tratamento: indicação baseada no quadro clinico e estadiamento auxilia na escolha da técnica
- Dor leve: AINH e imobilização

- Tratamento cirúrgico: sem resposta adequada ao tratamento conservador

- Estágio I:
- Se cirurgia necessária:
- Eaton e Littler: reconstrução do ligamento volar com banda do flexor radial do carpo

- Estágio II:
- Se sem irregularidade articular: reconstrução ligamentar
- Se progressão da artrite: artroplastia de interposição

- Estágio II tardio e estágio III
- Excisão do trapézio (Gervis):
- limitado a TM dolorosa, sem evidência de subluxação, no doente com baixa demanda
- causa encurtamento do raio do polegar e instabilidade da base do 1º MTC
- Trapeziéctomia com estabilização ativa
- Plástica tendínea com
- flexor radial do carpo (Burton e Pellegrini) ou abdutor longo do polegar (Thompson)
- Artrodese: indicação limitada
- Para falha de outros tratamentos ou trabalhadores braçais
- 20º de abdução radial e 40º de abdução palmar

- Estágio IV
- Trapeziéctomia com estabilização ativa
- Artroplastia de interposição dupla (TM e trapézio escafóide)

- Tratamento da hiperextensão da MTC-F
- Se > 30º: artrodese ou capsulodese volar
_________________
www.traumatologiaeortopedia.com.br
Back to top
Display posts from previous:   
   Board Index
   -> Estudo, temas
View previous topic Tell A FriendPrintable versionDownload TopicPrivate MessagesRefresh page View next topic

Page 1 of 1  [ 3 Posts ]
 


Jump to:   

 

A página foi atualizada para www.TraumatologiaeOrtopedia.com.br => plataforma mais moderna, com mais interação. Todos os artigos e arquivos foram renovados. Os usuários agora podem:
- Atualizar os artigos;
- Promover seus consultórios;
- Criar grupos privados para sua residência ou liga de medicina;
- Treinar com questões e avaliar sua performance;
- E muito mais, confira, participe e contribua.
Espero que continuem curtindo, do autor: Ortopedista Especialista em Joelho Dr. Márcio Silveira

 

Mapa do Site    FAQ    Crie um site como este

Copyright © 2012 - 2020 TraumatologiaeOrtopedia.com | Desenvolvido em phpBB

Search: