Traumatologia e Ortopedia
Discussão de casos, questões e dúvidas em tratamentos, com dicas de prova para o TEOT.

 
[KB] Atendimento inicial ao politraumatizado


Users browsing this topic: 0 Registered, 0 Hidden and 0 Guests
Registered Users: None


View previous topic Tell A FriendPrintable versionDownload TopicPrivate MessagesRefresh page View next topic
Message
Author
marcio
Administrador
Administrador

marcio is offline

[KB] Atendimento inicial ao politraumatizado
Reply to topic Reply with quote
Go to the bottom
PostPosted: 4/8/2014, 22:00 Rate Post

Categoria: Área básica (1)
Tipo do Texto: Trauma

Nome do Texto: Atendimento inicial ao politraumatizado
Author: márcio
Detalhamento: A B C D E

Leia o Texto Completo
Back to top Personal Gallery of marcio
Author
marcio
Administrador
Administrador

marcio is offline

Re: [KB] Atendimento inicial ao politraumatizado
Reply to topic Reply with quote
Go to the bottom
PostPosted: 4/8/2014, 22:12 Rate Post

 !  Para baixar todos os arquivos e apresentações e visualizar todas as imagens, registre-se e entre, é rápido e grátis.


< Deixe uma observação pertinente clicando no botão resposta ou clique no botão agradecer caso o tópico tenha sido útil. >




Abbreviated Injury Score(AIS)

O AIS, o 1º índice anatômico, foi publicado em 1971, e após houve 6 revisões. As revisões são feitas pela Association for the Advancement of Automotive Medicine. A mais recente é de 1990, classificando mais de 1300 lesões em 6 níveis de severidade de lesão-menor a fatal com valores medidos em cada lesão. Os escores eram originalmente baseados em 4 critérios:

    Ameaça à vida;
    Dano permanente;
    Período de tratamemto;
    Dissipação de energia.


Os seis níveis de lesões foram caracterizadas em 6 regiões corporais diferentes:

Escores


Regiões

1-Menor (Leve)


Cabeça/Pescoço

2-Moderado


Face

3-Severo (Grave sem ameaça de vida
Toráx

4-Severo-ameaça à vida


Abdome /Pelve

5-Crítico-sobrevida incerta


Extremidades/ Pelve Óssea

6-Não sobrevivente


Geral/ Externa


Baker e als., baseado no AIS, montou o ISS(Injury Severity Score). Após cada lesão ser classificada, estas são agrupadas por região corporal, semelhante ao AIS, sendo que somente valores de 1 a 5 são utilizados. Os escores, do AIS, máximos das três regiões mais severamente lesadas são somadas, sendo que cada escore é elevado ao quadrado.O escore mais alto possível é 75. Se uma lesão letal esta presente(ex. avulsão hepática ou decapitação) ou um AIS de 6, o paciente automaticamente entra no escore 75.

Por exemplo:
Paciente com ruptura esplênica, fraturas de costelas, contusão pulmonar e fratura de fêmur:
Abdome- ruptura esplênica AIS 2
Extremidade- fratura fêmur AIS 3
Tórax- fratura de costelas(3) AIS 2 e Contusão pulmonar AIS 3

ISS = soma dos escores máximos ao quadrado das 3 regiões mais afetadas

ISS = 22 + 32 + 32 = 22

Um ISS > ou = 20 é considerado um trauma maior e um aumento no ISS está associado com um aumento na taxa de mortalidade. Inicialmente o AIS não foi incluido para trauma penetrante, mas após 1985 ele foi revisto e concluiu-se que um aumento nos seus valores estava associado a um aumento na taxa de mortalidade, apesar de não ser de uma forma linear, talvez pelo pequeno número de pacientes com altos escores de ISS. Ele não considera múltiplas lesões dentro de uma mesma área anatômica, como é comum no trauma penetrante, e as lesões são classificadas com o mesmo escore, apesar de não terem a mesma taxa de mortalidade. Além disto, o ISS não pode ser calculado até todas lesões terem sido definidas, não podendo ser usado, portanto para triagem no local do acidente ou para ser usado em decisões precoces. Contudo, ele serve para avaliação de resultados em estudos, medir a qualidade e comparação entre várias instituições.

=> Calcular ISS




Trauma raquimedular -> http://traumatologiaeortopedia.com/kb.php?mode=article&k=77
Last edited by marcio on 7/9/2015, 19:33; edited 13 times in total
_________________
Traumatologia Esportiva, Cirurgia do Joelho e Ortopedia Esportiva; Artroplastia, Artroscopia e Osteossíntese de Ossos Frágeis;
Em Brasília-DF. Marque uma consulta:
-> https://drmarciosilveira.com
Back to top Personal Gallery of marcio
Author
rogerio


rogerio is offline

Re: [KB] Atendimento inicial ao politraumatizado
Reply to topic Reply with quote
Go to the bottom
PostPosted: 7/9/2014, 16:20 Rate Post

Quote:
- Politrauma:
- Lesão em pelo menos dois sistemas orgânicos que colocam a vida em risco
- ISS > 16

- ISS (injury severity score)
- Gravidade da lesão: classificada de 1-6
- Região anatômica
- Cabeça
- Face - Tórax
- Abdome - Extremidades, incluindo a pelve
- Estruturas externas
- Avaliação: soma-se o quadrado das 3 maiores pontuações das regiões anatômicas
- Pontuação máxima: 75
- Se alguma região tiver 6 pontos: alto risco de vida – é classificado como ISS 75

- Princípios de tratamento
- Considerar tratamento precoce definitivo das fraturas X controle de danos
- Evitar procedimentos primários > 6 horas e cirurgias grandes entre o 2 o e 4o dias
- Conversão do fixador externo para haste intramedular: melhor nas primeiras 2 semanas
- Controle de danos
- Fratura articular fechada: fixador externo transatricular
- Fratura articular aberta: reconstrução com técnica minimamente invasiva da articulação + fixador externo

- Prioridades no tratamento definitivo das fraturas
- Tíbia, fêmur, pelve, coluna e membros superiores


Trauma torácico e abdominal -> avaliados pelo cirurgião geral, pois ele intervem na cavidade.

Fratura de costela:

- contusoes: duram 30 dias

- fraturas: independente do número de costelas acometidas, o tratamento é conservador, durando em torno de 3 meses.
Last edited by marcio on 7/9/2015, 09:02; edited 1 time in total
Back to top
Display posts from previous:   
   Board Index
   -> Estudo, temas
View previous topic Tell A FriendPrintable versionDownload TopicPrivate MessagesRefresh page View next topic

Page 1 of 1  [ 3 Posts ]
 


Jump to:   

 

A página foi atualizada para www.TraumatologiaeOrtopedia.com.br => plataforma mais moderna, com mais interação. Todos os artigos e arquivos foram renovados. Os usuários agora podem:
- Atualizar os artigos;
- Promover seus consultórios;
- Criar grupos privados para sua residência ou liga de medicina;
- Treinar com questões e avaliar sua performance;
- E muito mais, confira, participe e contribua.
Espero que continuem curtindo, do autor: Ortopedista Especialista em Joelho Dr. Márcio Silveira

 

Mapa do Site    FAQ    Crie um site como este

Copyright © 2012 - 2020 TraumatologiaeOrtopedia.com | Desenvolvido em phpBB

Search: