Traumatologia e Ortopedia

[KB] Lesões do manguito rotador

Author:  marcio [ 15/9/2011, 16:07 ]
Post subject:  [KB] Lesões do manguito rotador

Category: Ombro e cotovelo (2)
Article Type: Adulto

Article Name: Lesões do manguito rotador
Author: márcio
Description: E síndrome do impacto

Read Full Article

Author:  Clone [ 27/10/2012, 16:31 ]
Post subject:  Re: [KB] Lesões do manguito rotador

Resumo para prova oral
Síndrome do impacto
2 Grupos de pacientesJovens-Trauma repetitivo/Desbalanço / despreparo muscular
Instabilidade gleno-umeral/Contraturas capsulares
Adultos e IdososDegeneração tendinosa 1ª/Anormalidades morfológicas do arco córaco-acromial
- S. do Impacto-Compressão da superfície dos tendões do manguito rotador contra a face ântero-inferior do acrômio e ligamento córaco-acromial/Degeneração tendínea
Hipovasculrização (“zona crítica de Codman”)
3 Estágios de Neer-Estágio I: Edema e hemorragia (< 25 anos)
Estágio II: Fibrose e tendinite (24 – 40 anos)
Estágio III: Ruptura parcial ou total ( > 40 anos)
Mulher/ > 40 anos/78% membro dominante/Dor de início insidioso/Face antero lateral do braço
Agravada por movimentos de elevação e rotação interna/Perda de força (ruptura)
RX:AP + AP em RI e RE + Axilar + P escápula/Sinais de Impacto (esclerose sub-acromial e da grande tuberosidade – “lesão em espelho”)/Altura da cabeça umeral/Tipo de acrômio-(class-Bigliani)Osteófitos sub-acromiais e acrômio-claviculares
Artrografia/USG/RNM/ARTROSCOPIA
Fase I:Alívio da sintomatologia dolorosa (gelo, repouso, AINEs)/Fortalecimento de rotadores internos e externos e do bíceps-braquial
Fase II:/Conservador X Cirúrgico ?/Acromioplastia
Fase III:Cirúrgico (videoartroscópico ou aberto)Acromioplastia
Reparo do manguito rotadorTendão – TendãoTendão – Osso (sutura trans-óssea ou c/ âncoras


 !  Para baixar os arquivos de resumos e apresentações e visualizar todas as imagens, registre-se e entre, é rápido e grátis.


Author:  marcio [ 29/8/2015, 19:37 ]
Post subject:  Re: [KB] Lesões do manguito rotador

- Estágios de desenvolvimento - Neer
Estágio I:
- edema e hemorragia
Estágio II:
- fibrose e tendinite
Estágio III:
- esporão ósseo e ruptura tendínea
Idade < 25 25-40 > 40
Clínica Reversível Dor recorrente com atividade Incapacidade progressiva
Tratamento Conservador Considerar secção do ligamento coracoacromial ou acromioplastia clássica Acromioplastia anterior, reparo do manguito rotador





- Artrografia: sinal do Geyser (líquido na articulação acrômio-clavicular) indica lesão completa do manguito




O Milwawkee Shoulder é um quadro de artropatia do manguito rotador descrito pelos reumatologistas que se caracteriza por: Ruptura maciça do manguito, Artrite degenerativa glenoumeral, Sinal de Geiser (efusão recorrente) e acúmulo de cristais de fosfato de octacálcio ou carbonato-substituto (hidroxiapatita) na articulação.




- tendinopatia do manguito rotador

Classificação de Hamada

Grau I = Intervalo A-U >;; 6 mm,
Grau 2 = Intervalo A-U = 5 mm ou menor
Grau 3 = Grau 2 + acetabulização
Grau 4 = Grau 3 + estreitamento gleno umeral
Grau 5 = artropatia do manguito




Tendão da cabeça longa do bíceps
- Anatomia
- Ombro: motor secundário, participa principalmente da flexão e abdução

- Classificação das lesões
- Tendinite - Ruptura - Luxação

- Lesões isoladas
- Variação da freqüência nos diversos estudos
- Tendinite isolada
- Clinicamente: ombro doloroso, na face anterior, com Speed (+)
- Afastar outras lesões com métodos de imagem
- Causas: inflamatória ou mecânica
- Ruptura isolada
- Sinal do Popeye - > 50% têm rupturas associadas do manguito

- Lesões associadas a lesão do manguito rotador

- Tendinite: inclusas somente lesões do tendão no seu sulco

- Subluxação
- Presença de ruptura parcial das fibras profundas do tendão pelo atrito
- Alterações degenerativas com alargamento do tendão
- Explicações para subluxações atraumáticas
- Rotação interna  contração do bíceps  força medial  desgaste da polia
- Ruptura do supra  perda da tensão do coracoumeral  degeneração da polia
- Subluxação superior: lesão do ligamento coracoumeral e glenoumeral superior com perda da polia de reflexão do bíceps antes da entrada no sulco ósseo
- Tendão tem tendência a sair do sulco, passando sobre o tubérculo menor antes de se tornar distalmente centrado novamente no sulco
- Desinserção lateral do subescapular
- Pode ser encontrada abaixo do sulco intertubercular
- Polia ligamentar no ápice do sulco está intacta
- Lesão pode estar na ½ superior do tubérculo menor ou ao longo de todo o seu comprimento
- Pseudoartrose do tubérculo menor
- Cabeça longa do bíceps segue o deslocamento medial da tuberosidade menor

- Luxação
- Idade média 59 anos
- Maioria traumático (63%) - Mais comum em homens (80%) e no lado dominante (83%)
- 50% das luxações há pseudoparalisia do ombro
- Inserção umeral comum dos ligamentos glenoumeral e coracoumeral está rompida
- Geralmente há associação de lesão do supra e do infra-espinhoso
- Dois tipos
- Sobre o tubérculo menor e subescapular - Sob a inserção do tendão subescapular
- Rupturas: maioria associada a lesão do manguito rotador

- Avaliação de imagem
- USG
- Artrografia
- Ausência de opacificação do sulco intertubercular: sinal indireto da lesão do tendão
- Ruptura: sulco intertubercular está cheio de líquido de contraste, sem a impressão do tendão
- Luxação: marca alargada do tendão aparece medial ao sulco intertubercular

- Tratamento
- Conservador
- Tendinite e ruptura isolada: conservador: AINH, reabilitação
- Cirúrgico
- Tenodese: procedimento mais comum para ruptura, tendinite e instabilidade
- Fixação da cabeça longa no sulco intertubercular
- Lippmann: sutura no tubérculo menor com ponto intra-ósseo, sem ressecção do tendão intra-articular
- Hitchcock: fixam o tendão com um retalho osteofibroso e coberto pelo ligamento umeral transverso
- Froimson: orifício-chave
- Post: fixação com sutura transóssea
- Desbridamento artroscópico: para tendão friável
- Reposicionamento de um tendão luxado
- Tenotomia





Ruptura muscular afetando o manguito

Ruptura do peitoral maior
- Lesão rara, descrita exclusivamente em homens - Geralmente por contração intensa
- Classificação
- Tipo I: contusão ou distenção
- Tipo II: ruptura parcial (mais comum)
- Lesão predominante é avulsão do úmero
- Tipo III: ruptura total
- Quadro clínico: história do mecanismo de trauma, dor intensa, equimose e impotência funcional
- Complicação
- Sépse: ocorre por infecção do hematoma - Compressão neurológica pelo hematoma
- Tratamento
- Parcial ou lesão do ventre muscular: conservador - Completo: tratamento cirúrgico precoce

Ruptura do deltóide
- Raro - Mecanismo: contração intensa
- Quadro clínico: depende do local de ruptura
- Perda do contorno do ombro, fraqueza da abdução, flexão ou extensão
- Tratamento
- Lesão parcial: conservador - Completa: considerar tratamento cirúrgico, de preferência, precoce

Ruptura do tríceps
- Rara - Fratura da cabeça radial associada é comum
- RX: pode demonstrar avulsão
- Tratamento: se completa cirúrgico

Ruptura do Bíceps
- Raro - Complicações: lesão do nervo musculocutâneo
- Tratamento
- Cirúrgico: retirada do hematoma e reaproximação do ventre muscular
- Somente aspiração do hematoma tem efeito similar à sutura

Ruptura do serrátil anterior
- Extremamente raro - Diferencial: lesão do nervo torácico longo
- Tratamento: reparo cirúrgico

Ruptura do coracobraquial
- Extremamente raro: 3 casos descritos na literatura

Ruptura do músculo subescapular
- Lesão silenciosa, rara - > 40 anos
- Mecanismos: luxação anterior recorrente do ombro; impacto do coracóide


 

A página foi atualizada para www.TraumatologiaeOrtopedia.com.br => plataforma mais moderna, com mais interação. Todos os artigos e arquivos foram renovados. Os usuários agora podem:
- Atualizar os artigos;
- Promover seus consultórios;
- Criar grupos privados para sua residência ou liga de medicina;
- Treinar com questões e avaliar sua performance;
- E muito mais, confira, participe e contribua.
Espero que continuem curtindo, do autor: Ortopedista Especialista em Joelho Dr. Márcio Silveira

 

Mapa do Site    FAQ    Crie um site como este

Copyright © 2012 - 2020 TraumatologiaeOrtopedia.com | Desenvolvido em phpBB

: